Caldo de galinha - os benefícios e danos ao corpo

Caldo de galinha é um verdadeiro achado no campo da culinária. Este prato é amado pela relativa simplicidade de cozinhar, excelente sabor e composição de cura. Será um caldo extremamente útil para pessoas que sofreram recentemente uma doença ou operação grave. Decocção de luz ajuda a recuperar rapidamente, ganhar força, fortalecer o sistema imunológico. Mas, para não ser infundado, apresentamos argumentos eficazes.

A composição e propriedades do caldo de galinha

A carne de frango é famosa pelo acúmulo de uma grande lista de várias substâncias, incluindo vitaminas. Um lugar especial é dado a tiamina, vitamina B12, ácido fólico, riboflavina, piridoxina, vitamina N.

Não privado de elementos minerais de caldo de carne. Entre a variedade, faz sentido selecionar o mais útil. Entre eles estão o cálcio, o potássio, o enxofre, o cobre, o magnésio, o flúor, o fósforo, o zinco, o cloro e outros. Todos estes compostos suportam sistemas vitais e órgãos do corpo humano.

Os minerais estão concentrados não apenas na carne de frango, mas também nos ossos, cartilagem e pele. É por isso que o caldo é preparado a partir da "equipe" de solyanka. Um efeito especial é alcançado no tecido ósseo, caldo de galinha cura facilmente fraturas.

A mais deliciosa decocção é obtida se você combinar aipo, cenoura, cebola, várias partes de frango, outras raízes e ervas. Toda substância útil contida em um determinado produto alimenta a ação do outro.

Como resultado, uma pessoa começa a se sentir melhor depois de meia hora depois de uma refeição. Tudo isto torna-se possível devido ao facto de a composição química do caldo estar completamente formada e penetrar facilmente no sangue.

No entanto, uma regra importante deve ser lembrada: quando fervendo caldo, tente fazer sem sal ou reduzir a quantidade deste ingrediente a um mínimo. O cloreto de sódio é encontrado em muitos alimentos, com um excesso, problemas de saúde podem começar.

Os benefícios do caldo de galinha

  1. Há muito tempo que o caldo é usado como remédio para milhares de doenças. Alguns até consideram uma decocção de carne como uma panacéia para todos os males. Em parte esta afirmação é verdadeira. O caldo é mais benéfico para uma pessoa com resfriados, gripe, outras infecções virais, deficiência de vitamina, imunidade naturalmente fraca.
  2. O principal valor do caldo reside na sua capacidade de remover o muco da cavidade do trato respiratório, para facilitar o curso de pneumonia, bronquite, asma. Curiosamente, a composição limpa parcialmente os pulmões do fumante de venenos e alcatrão. Devido às propriedades bactericidas da decocção, mata microorganismos prejudiciais quase que imediatamente.
  3. A fácil digestibilidade permite que você inclua caldo de frango no cardápio de pessoas que estão observando de perto seu peso ou são obesas. Baixo teor calórico e alto valor nutricional suprimem a fome e eliminam o risco de excesso de peso.
  4. O caldo é indicado para pessoas que sofrem de doenças do intestino irritável, gastrite, úlcera, diarréia e outras doenças patológicas do esôfago. Além disso, uma decocção alivia os intestinos das pedras fecais, remove os radionuclídeos e previne o câncer de fígado.
  5. A composição completamente natural, preparada sem especiarias e sal, envolve as paredes do estômago e dos intestinos. O peristaltismo e a microflora dos órgãos internos são melhorados, a probabilidade do aparecimento da úlcera péptica é reduzida.
  6. Caldo aumenta o metabolismo para alturas sem precedentes. Ele é rapidamente absorvido pelas paredes do esôfago e entra no sangue, depois se espalha por todo o corpo. Apenas uma porção preencherá a necessidade de um adulto para vitaminas do grupo B, cálcio, magnésio, cobre, fósforo e outras substâncias valiosas.
  7. A composição comprime o tecido ósseo, reduz a zero a probabilidade de fraturas, melhora a estrutura das fibras musculares. Este prato deve ser tomado durante um conjunto de atletas "massa". Além disso, a decocção é indicada para consumo em osteoporose, osteocondrose.
  8. O produto acelera a digestão de alimentos, especialmente para pratos pesados. As vitaminas do grupo B tonificam o sistema nervoso, lutam com sono e pesadelos fracos, aliviam a irritabilidade.
  9. Como parte da massa de gelatina, que é considerada um colágeno natural. Esta substância deve ser ingerida com alimentos para manter a beleza da pele e do cabelo.

Caldo de caldo de galinha

  1. Se você olhar para a situação como um todo, o caldo de carne não pode prejudicar significativamente uma pessoa com consumo razoável. Os efeitos adversos no corpo podem ser infligidos com matérias-primas de baixa qualidade.
  2. Você não sabe ao certo como o frango foi cultivado e como ele comeu. Pecuária e avicultura, como regra, os proprietários alimentam-se longe de rações e produtos naturais de alta qualidade. Muitas vezes, o crescimento hormonal é adicionado aos alimentos.
  3. Em qualquer caso, quando os animais são criados, eles são necessariamente vacinados contra bactérias e infecções prejudiciais. Os medicamentos, como resultado disso, deixam uma marca notável na qualidade do produto que você compra.
  4. O uso de caldo de tais matérias-primas provoca dúvidas óbvias. Existe uma maneira de proteger seu corpo dos efeitos nocivos das drogas e tomar um prato saudável.
  5. Ao preparar matérias-primas nos primeiros 25 a 30 minutos, as substâncias nocivas da carne caem na água. Neste caso, recomenda-se a drenar o líquido e despeje fresco. Como resultado, o caldo pode reter os benefícios acima para o corpo.
  6. Tenha em mente que salgar o prato não é recomendado. O mineral suprime os oligoelementos mais benéficos. Além disso, o sal afeta negativamente a atividade dos rins. Tente adicionar especiarias ao mínimo.
  7. O caldo pronto rico é proibido para pacientes que sofrem de anormalidades do fígado, da vesícula biliar ou da baixa acidez. O prato pode ser feito dietético, para isso você precisa remover a pele e gordura das aves de capoeira.

Como reduzir o dano do caldo de galinha

  1. Se você sofre de acumulação de sal, gota, urolitíase ou reação alérgica aos componentes, você deve abandonar completamente o consumo do prato. Em outros casos, você pode recorrer a métodos simples.
  2. Recomenda-se cozinhar o caldo de galinhas. Esta carne contém muito menos conservantes e extrativos. Tente cozinhar um prato de carne sem fermento, ele contém pouco colesterol.
  3. Como descrito acima, para reduzir o conteúdo calórico do caldo, você precisa remover toda a gordura e a pele do pássaro. Além disso, após o cozimento, remova a camada superior com manchas oleosas.
  4. É proibido cozinhar um prato de vísceras. Eles contêm um alto teor de colesterol e substâncias nocivas que se acumulam devido à alimentação de baixa qualidade. Prefira o caldo, que é cozido após o primeiro dreno do líquido.
  5. Independentemente do tipo de frango que você comprou, casa ou frango, o caldo principal ainda é recomendado para drenar. A composição será menos gordura e compostos nitrogenados.

Caldo de galinha é bom para o corpo com doenças menores. É importante escolher matérias-primas de alta qualidade. A ave deve comer produtos naturais e ser mantida em uma área ecologicamente limpa. Prepare o caldo corretamente, não negligencie as melhores práticas.