Como crescer coelhos para carne

Nutricionistas recomendam mudar para a carne da dieta para aqueles que sofrem de doenças cardiovasculares, bem como vários desvios no trato gastrointestinal. A carne de coelho não só contém muitas substâncias úteis, mas também é facilmente digerida, ao contrário da carne de porco ou do pato. Consequentemente, quando é usado, a carga no coração, estômago e outros órgãos é reduzida. Se a área de plotagem permitir, você pode tentar cultivar um coelho independentemente para carne.

Como começar a criar coelhos

O coelho não é um animal tão popular na casa, como os porcos, já que a carne deles é muito menor. Mas o preço desses animais é alto o suficiente para pensar em sua criação. Sim, e no cuidado eles não são muito caprichosos, como pode parecer à primeira vista.

Primeiro você precisa escolher uma raça, já que nem todos os coelhos são adequados para a criação de carne. Afinal, muitos estão engajados na criação de coelhos por causa de sua pele bonita, usada para acabamento de roupas e acessórios. Bem, se houver criadores familiares que possam compartilhar os descendentes de seus animais. Caso contrário, a busca por uma raça adequada precisará ser feita por você mesmo.

Em seguida, você precisa preparar um lugar para ficar coelhos e cuidar de alimentos e vitaminas. A ecologia atual não permite fazer com uma boa comida, como os animais estão doentes, como pessoas. É melhor tomar cuidado antes que vitaminas e em que idade é melhor dar e onde obtê-las.

Que raças de coelhos são adequadas para reprodução de carne

Existem várias raças populares que são mais adequadas para reprodução doméstica. Eles têm as características que são importantes no cultivo de coelhos para carne:

  • rápido crescimento e ganho de peso;
  • um número bastante grande de descendentes;
  • bom peso adulto.

O coelho branco da Nova Zelândia leva de 7 a 12 bebês por okol. Já em três meses, o peso do bebê chega a três quilos e um animal adulto pode pesar cerca de cinco. O coelho vermelho da Nova Zelândia tem os mesmos parâmetros de crescimento, mas geralmente não há mais do que nove bebês na prole.

Indivíduos individuais da raça Rizen podem pesar até 14 quilos, mas o peso médio varia de 7-9 quilos. Mas as raças de coelhos com nomes altos, os gigantes branco e cinza, não diferem em tamanho tão grande e raramente crescem acima de 7 quilos. Mas eles se adaptam perfeitamente ao clima e não requerem nenhum cuidado especial.

O coelho da Califórnia por ano leva 30 a 35 jovens. Além disso, eles têm uma lã bastante densa e grossa, que pode ser usada em retrosaria. Mas, em média, seu peso não é superior a cinco quilos. As mesmas características de tamanho e fertilidade têm um carneiro francês.

As raças de carne de coelho diferem na estrutura especial das pernas, nas quais as almofadas são abaixadas. Isso permite que eles se movam confortavelmente ao redor dos pisos de malha. A puberdade precoce permite que esses coelhos aumentem rapidamente seus números, e o crescimento rápido garante um rápido retorno do investimento.

Canetas de dispositivo para coelhos

Estes animais podem ser mantidos tanto em cercados fechados como em gaiolas individuais. Eles toleram um clima temperado. Ao organizar um coelho fechado, você precisa calcular quantos animais estarão na mesma caneta, porque as infecções estão se espalhando rapidamente em condições de superlotação, e os coelhos não crescem bem.

Você também precisa equipar bandejas para comida e água. Bem, se a sala for um espaço separado onde você pode dirigir os coelhos para limpar a caneta calmamente. Você também precisa garantir um fluxo constante de ar fresco e a penetração da luz solar.

Na estação quente, os coelhos podem ser mantidos em jaulas de malha. Mas no inverno, as células individuais devem ser isoladas. O piso inferior, feito de malha de metal, não é recomendado, já que os coelhos geralmente desenvolvem trapmatite. É melhor fazer o piso de ripas de madeira com um pequeno espaço para que os resíduos de animais não se acumulem dentro da gaiola. Também é necessário fixar bem as bandejas de água e alimentos, para garantir o livre acesso a eles do lado de fora. Por exemplo, faça portas dobráveis ​​para alimentar confortavelmente.

O rebanho jovem é mantido junto com o coelho até uma certa idade, portanto deve haver um suprimento de gaiolas para a criação de animais maduros. Os juvenis são mais ativos, portanto, as canetas devem ser mais livres. Quando fêmeas grávidas são encontradas, elas devem ser sentadas imediatamente e não esperar pelo nascimento dos filhotes.

O que para alimentar coelhos para obter boa carne

Independentemente da raça, a dieta dos coelhos é praticamente a mesma. Estes animais são herbívoros e, em princípio, alimentam-se da maioria das plantas do prado. Mas sem grão muita carne de um coelho não vai funcionar. Por isso, é necessário cuidar de preparações do inverno com antecedência, para que pela primavera os animais não permaneçam nas rações aparadas.

Da primavera, a grama seca aparece na dieta. É melhor não dar verduras frescas, pois é muito pesado para a digestão. No inverno e no outono pode ser alimentado com feno. Durante o ano, dê poda pelo menos 24 horas a partir de repolho, beterraba, cenoura ou maçã. Também é boa a alcachofra de Jerusalém e a videira jovem das uvas, que permanece após a poda.

Um coelho de peito e uma fêmea grávida devem aumentar sua dieta em 10 a 15%. No inverno, a nutrição padrão do caldo novo deve ser adicionada ao bolo, batatas cozidas e farinha de ossos. A ração concentrada permite cultivar um coelho para carne em poucos meses. Neste caso, a fração de massa de tal alimento da ração principal deve ser de aproximadamente 50%.

Vacinação e tratamento

Devido ao constante aparecimento e mutação de várias doenças, pequenos coelhos precisam ser vacinados. Para esses fins, você pode convidar um especialista ou aprender a vacinar os animais sozinho. Mas sem o conselho de um veterinário será difícil de fazer. Afinal, um especialista está sempre atento a novos produtos no mercado veterinário e aconselhará sobre preparações tópicas.

Para a vacinação, é melhor usar ferramentas complexas que protegem contra várias doenças de uma só vez. Se a descendência for grande, reduz significativamente o tempo do procedimento. Se um coelho tem sintomas de uma doença de uma célula comum, ele deve ser imediatamente transplantado para a enfermaria para evitar a propagação de uma possível infecção. E até sua recuperação completa, não retorne ao resto do rastreamento.

É melhor comprar medicamentos em farmácias veterinárias especializadas por recomendação do veterinário que examinou o animal doente. Em qualquer caso, um coelho com sinais de doença não pode ser comido. Muitas doenças podem ser prevenidas pela vacinação oportuna e uma dieta balanceada com suplementos vitamínicos.

Recomendações para criar coelhos para carne

Além do conselho padrão sobre a melhoria da casa para os coelhos e sua alimentação, existem muitas outras recomendações sobre a criação desses animais para a carne. Este tipo de agregado familiar existe há muito tempo, de modo a que surjam alguns trabalhos e os segredos da criação de coelhos de sucesso.

A puberdade nas mulheres começa aos quatro meses de idade, mas é melhor realizar o acasalamento mais próximo das cinco. Isso dará mais chances para uma prole saudável e forte. O peso de um coelho jovem deve ser superior a 2,5 kg, mas a obesidade também não deve ser tolerada. Após a primeira rodada, as fêmeas já podem ser vendidas para carne, mas somente após o desmame. A idade ideal para a tradução de coelhos é de 40 a 45 dias.

A fêmea jovem não se distingue pela alta teor de leite, por isso não é recomendado deixar mais de seis coelhos debaixo dela. A idade ideal para vender coelhos para carne é de três a quatro meses. Mais tarde, sua alimentação não é lucrativa, pois o peso é ganho lentamente, e o alimento vai mais e mais. Além disso, a carne de um coelho jovem é mais macia e saudável.

A criação de coelhos é uma área bastante promissora da atividade doméstica, sujeita a uma abordagem responsável aos negócios. Conhecendo os pequenos segredos de criadores de gado experientes, pode-se logo receber o primeiro lucro no desenvolvimento de negócios. Vender carne fresca de coelho não será difícil, porque a popularidade dos alimentos dietéticos está crescendo, e o mercado nessa direção ainda não está suficientemente seguro.

Assista ao vídeo: Coelho Doméstico - Alimentação (Fevereiro 2020).