É possível amamentar quando amamenta?

No verão, em nossa área, muitas frutas deliciosas amadurecem em árvores frutíferas. Eles contêm todas as vitaminas e minerais necessários, por isso eles simplesmente precisam ser consumidos diariamente. Cereja durante a amamentação é benéfica, mas quão segura é esta baga para o bebê? Antes de incluí-los na dieta, você precisa pesar os prós e contras, e talvez até obter aconselhamento de uma pessoa competente - um pediatra.

O que é útil cereja?

Devo comer sua mulher que alimenta os seios do bebê? Cereja é muito saborosa. Além disso, contém substâncias úteis para o corpo, nomeadamente:

  • ácido cítrico;
  • açúcar de frutas;
  • fibra;
  • esquilos;
  • pectinas;
  • taninos;
  • minerais: sódio, potássio, cálcio, fósforo, magnésio, ferro.

Compotas de cereja enriquecem o leite materno com vitaminas e o corpo de uma mulher com vitamina B9, mais conhecido como ácido fólico. Tem um efeito positivo no sistema nervoso. Promove a melhora da circulação cerebral.

A maioria das múmias jovens acredita firmemente que, durante o período de amamentação, é contra-indicado o uso de frutas e vegetais vermelhos. Na verdade, eles não têm contra-indicações definitivas. No entanto, eles devem ser introduzidos na comida gradualmente. Você precisa começar com uma quantidade muito pequena e observar o bebê após a alimentação. Isso garante que uma reação negativa pronunciada não ocorra.

No processo de parto e parto a mulher perde muita força e reservas importantes no corpo. A situação volta rapidamente ao normal se o cardápio da jovem mãe for equilibrado e variado.

As propriedades curativas das cerejas

  1. Os componentes que compõem essas bagas contribuem para a remoção de radicais livres do corpo. Isso impede a formação de tumores benignos e malignos no corpo. Frutas vermelhas - cerejas e cerejas protegem o corpo humano da mutação das células.
  2. Além disso, essas frutas reduzem a probabilidade de desenvolver gota. Eles contribuem para a normalização dos processos metabólicos, restauram o equilíbrio de sais e têm um efeito diurético.
  3. Quando uma mulher está amamentando, todos os nutrientes do corpo vão para o enriquecimento do leite, importante para o desenvolvimento das substâncias infantis. Uma mãe que não recebe vitaminas é, portanto, extremamente vulnerável a condições externas. Cerejas reduzem o risco de inflamação, inchaço e dor nas articulações. Quando usados ​​regularmente, esses frutos têm um efeito profilático no desenvolvimento de doenças do sistema esquelético.
  4. Em doenças do sistema cardiovascular, beber suco de cereja é indicado. É bom para o coração e reduz a possibilidade de doenças associadas a ele. A presença de antocianinas na composição ajuda a fortalecer as paredes das veias e capilares.
  5. Cereja normaliza a pressão arterial e ajuda a aumentar a hemoglobina. Por esta razão, é frequentemente recomendado o uso de anemia e anemia.
  6. A amamentação é uma carga forte no corpo e nos nervos também. Comer cerejas em alimentos ajuda a melhorar a função cerebral e ajuda a normalizar o sono. A tensão nervosa e o desconforto psicológico desaparecem e são substituídos por bem-estar e humor. Os recém-nascidos recebem substâncias extremamente importantes para o crescimento e desenvolvimento, juntamente com o leite de sua mãe, que come cerejas.
  7. Esta fruta contribui para a remoção do excesso de acumulação de gordura que foi formada durante o período da gravidez. Ele efetivamente e eficientemente remove toxinas e toxinas. Apesar disso, a maioria das vitaminas são absorvidas. Especialistas costumam recomendá-lo como uma ferramenta auxiliar, que remove areia e pedras dos rins.

Contra-indicações

Se a intolerância individual estiver ausente, a cereja é um produto muito útil. Fortalece o sistema imunológico, que é muito importante durante os períodos de infecções virais respiratórias agudas, infecções bacterianas e processos inflamatórios.

No entanto, com especial cuidado, é necessário tratá-lo nos seguintes casos:

  • acidez aumentada do estômago;
  • úlcera;
  • diabetes, durante períodos de exacerbação;
  • aderências nos intestinos;
  • gastroenterite durante períodos de exacerbação;
  • doenças pulmonares.

Deve ser lembrado que tudo é bom com moderação, e as cerejas não são uma exceção a essa regra.

Como inserir a fruta na dieta de uma mãe que amamenta?

Para acompanhar a reação do bebê, você precisa comer algumas cerejas antes do almoço e observar a criança durante o dia. Quando uma reação individual ocorre durante o dia, será mais fácil interrompê-la com medicamentos apropriados. Se você tiver uma alergia à noite quando sua mãe estiver dormindo, ela pode ter conseqüências extremamente negativas.

Se a intolerância individual não for observada, então no dia seguinte a fruta pode ser comida em quantidades maiores, também estudando cuidadosamente a condição da criança. Os pediatras acreditam que a baga deve ser consumida moderadamente em qualquer caso, assim que 3 meses se passaram após o parto.

Como escolher e armazenar cerejas?

Escolhendo bagas, você precisa prestar atenção a que cor eles são. Quanto mais rico, mais saborosos e saudáveis ​​serão.

Se as bagas são estranhamente macias e pegajosas, então elas não devem ser tomadas. Isso sugere que a cereja está madura demais.

Para mantê-lo por muito tempo, ele deve ter cortes verdes. Com eles, a baga pode ser armazenada em local fresco por 2-3 dias. Por via de regra, este é o termo máximo.

Para aumentar o prazo de validade do produto por congelamento. É necessário tomar cerejas frescas, remover estacas e pedras delas. Coloque a polpa em recipientes de plástico de qualidade alimentar e coloque-a no congelador. Eles podem ser usados ​​independentemente, se você derramar açúcar antes de cozinhar ou em forma cozida - em bolos e bolinhos. Além disso, as cerejas congeladas podem ser adicionadas a sumos frescos ou a compotas de cozinha.